terça-feira, 15 de abril de 2014

Questionário de Proust

À conversa com Proust
 
 
 
 
 

1-Qual é a sua maior qualidade?
Ser independente.

2- E o seu maior defeito?

Preguiça

3- A coisa mais importante em um homem?

O carácter, sentido de humor (é preciso que me faça rir, adoro rir),inteligência e o cavalheirismo (sou uma romântica assumida). (Risos)

4- E em uma mulher?

Ter amor- próprio, sensibilidade, ser uma lutadora e saber fazer uso da inteligência que tem.

5- O que você mais aprecia nos seus amigos?

A capacidade de superar o tempo e ultrapassar todos os obstáculos que se opõem numa amizade. Os meus melhores amigos conheço-os há mais de trinta anos. Nem a guerra, a distância entre o continente europeu e o africano e as nossas vidas individuais conseguiram derrubar essa amizade. Isso é fantástico.

6- A sua actividade favorita é…

Escrever.

7- Qual a sua ideia de felicidade?

É viver, não se deixar ficar pelo “Existir” simplesmente.

8- E o que seria a maior das tragédias?

Perder a força de viver, amar alguém a ponto de perder a identidade e deixar de ter os pés assentes na terra.

9- Quem você gostaria de ser, se não fosse você mesmo?

Ninguém.

10- E onde gostaria de viver?

Um pouco em todo mundo.

11. Qual sua cor favorita?

Azul e preto.

12- Uma flor?

Rosa

13- Um pássaro?

Todos os pássaros desde que me deixassem em liberdade.

14. Seus autores preferidos?

Chuck Palahniuk, Mário Puzo e Eça de Queirós. Apenas os três primeiros, a lista é interminável.

15. Os poetas que mais gosta?

Florbela Espanca, Safo e o Bocage.

16. Quem são os seus heróis de ficção?

Angelina Jolie e Brad Pitt.

17. E as heroínas na ficção?

Halle Barry e a Gata Borralheira.

18. Seu compositor favorito é…

Michael Jackson, Mozart, Beethoven, Kurt Cobain, Antonio Vivaldi.

19. E os pintores que você mais curte?

Leonardo da Vinci, Frida Kahlo, Alex-Keller.

20. Quem são as suas heroínas na vida real?

A minha mãe. Ela é uma actriz. Consegue desempenhar bem todos os papéis que a vida lhe oferece. Ela é a mulher, o homem, a amante, o polícia, o tropa, o chato, (risos) uma faz tudo. Nem todas as mulheres têm essa capacidade. Depois seguem-se outras. Felizmente a minha vida está repleta de grandes mulheres.

21- E quem são os seus heróis?

Primeiro o meu pai, um herói sacrificado que acreditou e lutou por Angola, um país que adoro e considero muito belo, porém muito ingrato também. Ele, o meu pai, ensinou-me a gostar de literatura. Depois junto todos os homens da minha família que são grandes heróis, literalmente.

22. Qual a sua palavra favorita?

Sublime.

23. O que você mais detesta?

Que me chateiem quando estou a escrever, que o telefone não pare de tocar. É por uma questão financeira, se tivesse dinheiro para comprar todos dias um telemóvel novo já muitos teriam ido parar contra a parede. A falta de humildade também é algo que não suporto.

24. Quais são os personagens históricos que você mais despreza?

Nenhum. Todos eles me ensinaram a olhar para o mundo de modo diferente. Cabe a mim seguir ou aprender com os erros deles.

25. Quais dons naturais você gostaria de possuir?

Ser uma perita na arte de escrever e dominar várias línguas.

26- Como você gostaria de morrer?

Escrevendo e rindo.

27. Qual seu atual estado de espírito?

Livre.

28. Que defeito é mais fácil perdoar?

O desamor, a ignorância.

29. Qual é o lema da sua vida?

Viver a vida intensamente.

Katya Figueiredo

Sem comentários:

Enviar um comentário